Mensagem do Presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas

Luís Alberto Silva
Presidente do Conselho de Administração da União das Mutualidades Portuguesas

“Os desafios da longevidade e da complexidade das doenças que afetam a população impõem ao setor da saúde uma capacidade de resposta, em quantidade e qualidade, que as exigências demográficas e as limitações de financiamento dificultam. A Convenção Nacional da Saúde permitirá que os diferentes setores – público, privado e social – e atores – profissionais de saúde, utentes, decisores, financiadores – discutam e assumam o caminho da saúde para Portugal, e a União das Mutualidades Portuguesas espera que esta iniciativa seja construtiva em matéria de complementaridade, acesso e sustentabilidade.”